"Uma criança veio para salvar o mundo e você já salvou uma criança ?"

A esta pergunta, pendurada nas paredes de Belo Horizonte, em ocasião do Natal, as autoridades responderam oferecendo a rua, prisão ou morte para aqueles que tinham todo o direito de serem salvos.

(Padre João Sacco, Carta de Natal de 1992)